A arte da escrita.

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores:


 Começo dizendo que não sou preconceituoso comigo mesmo ou com os habitantes da região onde moro, mas é difícil você conhecer alguém da região nordeste do Brasil que é habituado a ler e muito menos a escrever. Tenho dezoito anos e sei bem a realidade em que vivo. Alguns amigos me acham louco ou até mesmo sem o que fazer por ter fascínio em ler e principalmente em escrever. Estaria mentindo se lhes dissesse que desde pequeno sou assim. Já disse que é costume em minha região apenas falar, falar e falar.
Essa minha vontade em querer conhecer o mundo através da leitura não é muito distante. Faz pouco tempo para falar a verdade e não me arrependo de nada. A leitura pode nos levar aos confins da Terra e nos tornar pessoas melhores. Eu acredito que em uma nação onde o incentivo a cultura, a leitura e aos bons costumes é pregado esta nação é bem sucedida e sua população tem outros pontos de vista que são eqüidistantes da minha realidade.
A partir do desejo de ler a vontade de escrever se tornou grande aliada minha. Não, eu ainda não penso em lançar livros e nem me tornar um escritor bem sucedido. Penso que todo o conhecimento que adquiri, adquiro e adquirei com a leitura passarei aos meus descendentes. Quero ainda ver uma geração que seja apaixonada pela leitura e pela escrita. Quero ver pessoas se destacando por serem grandes escritores, poetas e assim por diante.
Seria tão bom voltar ao tempo em que a escrita e a leitura eram respeitadas pela sociedade não? Seria bom se tivéssemos o costume de nos reunir para ouvir uma pessoa declamar um belo poema ou alguém recitar versos alegres e empolgantes. Esse tempo não voltará mais. Não. Mas espero que possamos usar desse artifício, o passado, para tentar fazer um futuro melhor. Um futuro aonde as crianças, os adolescentes e os jovens venham ter prazer em ler e escrever. Isso depende de mim, de você, de nós. Acredito que é dever nosso fazer desta nação uma nação melhor.
Pode parecer quase impossível, mas não o é. Nações como a Coréia do Sul venceram a guerra e o desemprego através de uma boa educação e hoje são potências reconhecidas pelo mundo. O Brasil não está distante disso. Eu ainda acredito em um Brasil melhor onde crianças marginalizadas pela falta de estudo venham se recuperar. Lendo e escrevendo que se faz um futuro melhor.
Sou testemunha viva disto. Por mais que em minha região todos pensem ao contrário de mim e não dêem o valor ao que faço, é escrevendo que tentarei fazer algo. É expondo para o mundo inteiro ver que ainda há solução. Formando novos escritores, incentivando a leitura e tendo amor pela arte da escrita que o dia do escritor jamais será esquecido.


"A pedidos de uma grande amiga que conheci pelo blog eu resolvi fazer este post em homenagem ao dia do escritor e espero que através destas humildes palavras pessoas possam entender como é bom escrever. Todo blogueiro é um formador de opnião. Use desta ferramenta para tentar fazer um mundo melhor começando pela escrita. Abraços.

10 comentários:

  1. @juusep

    Vai concorrer? Torcendo que sim, porque você escreve muito bem!
    Sobre o seu texto, escritores somos todos nós... Mesmos que amadores rs.
    Eu também não era muito fã de escrita nem leitura, mas isso tem que der um dom e uma hora ou hora ele acusa o botão vermelho e alarma! ;D Bom para nós amantes de leituras e blogs.
    HAHA, beijos.

  1. Juliana Diniz

    Concordo e me indetifico muito com tudo que disse. ;D E todo esse assunto me lembrou um projeto muito interressante chamado: Manifesto por um Brasil literário. Para saber mais : http://www.brasilliterario.org.br/.
    Ah, obrigada pela visita lá no meu humilde cantinho. rs. E parabéns pelo blog, muuito bom mesmo. :D
    Shalom!

  1. Débora Panterellas

    Que bonito Italo! Nasci no nordeste e sei o quanto a escrita e a leitura são pouco valorizadas ai, mas é de mentes abertas como a tua que essa região precisa, espero que tua opinião permaneça intacta quanto a isso. Continue escrevendo, isso te faz bem e, consequêntemente é trasnmitido a quem lê tuas palavras.

    Quanto aos projetos, também acho muito interessante, um grande incentivo. Tentei participar do "Blorkutando" dessa semana, agora mesmo, de última hora, nem sei se vão aceitar. Mas acho que não custa tentar, né?

    Beijos :*

  1. "Carol docE"

    Obrigada pelo carinho e por seguir o nosso blog (estamos seguindo o teu).

    Gostei do texto de apresentação do teu blog.

    E estou adorando ler cada palava...

    Sucesso.
    Beijão.

  1. Amanda Martins

    Compartilho contigo a mesma opnião. Só a educação nos leva a conhecer nosso interior e assim, buscar a compreensão do mundo.

  1. Juliana Diniz

    Aah, eu também sou de São Luis!
    E também faço parte de uma igreja na visão celular(a IBAB conhece?). Que massa! :D
    Shalom.

  1. João Fco. Viégas

    Eu moro aqui na região sul, o lugar onde mais se lê no Brasil, e o mais incrivel é saber que na verdade somos todos 'farinhas do mesmo saco' independente de onde nascemos. Essa febre literaria vem no DNA, é obrigação nossa a expressão.
    Gostei daqui!
    Abraço!

  1. Rene Santos

    Gostei muito de conhecer um pouco mais sobre você. Muito bom o texto que preparastes e estou aqui torcendo por você.

    Estou preparando um texto contando a minha história de como cheguei aqui nestes projetos.Concordo com você em tudo que escrevestes e para mim escrever é jogar no papel o que a leitura e a vida te ensinaram. Escrever para mim é reviver e recordar uma vida que passou e deixou marcas,é transformar os sonhos não realizados num momento único.

    Obrigado por estar sempre presente em meus posts com uma palavra de incentivo ou até crítica que é muito gratificante.

    Beijos e bom final de semana

  1. Patrícia N.

    Moro no Sudeste,mas já viajei para Fortaleza e vi que o interesse literário lá é mínimo.Aqui tem sempre alguém lendo (mesmo que seja um jornal),mas ainda assim há as pessoas que não tem acesso à leitura.
    Já buscou teu selo no OPEP?Os da 2ª edição estão prontos e os da 3ª a caminho.

  1. Irene Moreira

    Grande verdade. Escrever faz bem para a alma, para desabafar, para expor suas opiniões e não precisa pedir licença é só ter um papel e lápis na sua frente ou até ser "blogueiro"... como essa blogosfera me alimenta, me inspira, me ensina e melhor ainda me traz tantos amigos que não importa se são verdes, amarelos, azuis, brancos, pretos, magros, gordos, vesgos... são verdeiros , únicos. Obrigado por você fazer parte deles e eu poder estar aqui aprendendo e admirando uma arte não só da escrita, mas de um exemplo de vida e de ser humano.
    Beijos e boa semana

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.