Coração parou, sonho acabou.

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , ,

       De fato, este não era o fim mais desejado pela nação brasileira. A seleção não era a escolhida por grande parte e o técnico, até então, Dunga não era bem visto pelos mesmos. Para mim, essa não era a seleção ideal. Nem de longe. Mas eu sou mais que seleção, eu sou mais que técnico. Eu sou torcedor, sou brasileiro.
       A seleção volta para o Brasil (na verdade, alguns). Ela não foi perfeita na Copa mas só o sentimento, às vezes em que a seleção jogou bem me fazem lembrar que posso confiar nesse Brasil. Ainda somos a única seleção PentaCampeã Mundial. Ainda somos os mestres na bola. Ainda exportamos os melhores jogadores do mundo. Ainda somos bons.
      Eu confesso que não critico o Dunga. Ele, simplismente, ganhou tudo o que disputou (Copa América e das Confederações e ainda levou o Brasil a ser primeiro lugar nas Eliminatórias da Copa). A única coisa que o técnico mais criticado da história do Brasil não conseguiu dar aos brasileiros foi uma Copa. A provável Copa do Hexa.
      Nesse jogo que se passou com a Holanda meu coração pulsou muito mais forte. No fundo eu sabia que o Brasil voltaria para casa. Acreditem, eu sonhei com isso. Mas por mais que as circuntâncias fossem improváveis o meu coração torcedor foi maior. Eu acreditei. Um gol, Robinho, que maestria. Outro gol, contra, Felipe Melo, Holanda. O jogo começava a mudar. Os laranjas mecânicas estavam assumindo o controle. Outro gol. Robben (como ele me deu raiva) começava a criar situações para jogar a torcida contra o Brasil. Felipe Melo, expulso. A seleção começava a se afundar. A falta de controle fora a principal vilã neste jogo para a seleção. O sonho do hexa em 2010 teve que ser adiado, mais uma vez.

      
      Talvez, em 2014, quando talvez sediarmos uma Copa este sonho possa voltar. Obviamente, por instinto próprio, torço contra muitas mazelas a Argentina e a Robbem e seu time, o mesmo. Não irei tomar causa de nenhum time. Sou Brasil, sou seleção. Volto a minha vida normal. A mim, pouco interessa quem ganhará esta Copa. O brilho verde e amarelo se foi. Esse brilho só voltará em 2014. Um sentimento que de alegria me fez chorar. Ainda mais quando vi o melhor goleiro do mundo, Júlio César, tentando se explicar e pedir desculpas. Isso não era o esperado. Aconteceu.

      
      O Brasil espera que mais uma vez, a seleção aprenda com os erros. Que mais uma vez possa levantar a cabeça e trazer uma Copa para nós. Dunga, Kaká e seleção, obrigado por pelo menos tentar.

Relatos de um torcedor decepcionado mais que ainda acredita,
Ítalo Stauffenberg
.

7 comentários:

  1. Heitor Lima

    Nossa, gostei muito do seu blog. Foi a melhor expressão que li até agora sobre o fim do Brasil nessa copa. É nessas horas que o patriotismo precisa ir além dos 90 minutos. Quando o Brasil ganha, é muito fácil de dizer: "Tenho orgulho de ser brasileiro." Enfim, gostei muito daqui. :D

  1. Babizinha

    Eu tenho orgulho de ser brasileira, mas não pelo futebol. Infelizmente há outros ângulos sobre o futebol ainda não visados. Para mim a máfia nesse âmbito somente cresce. Não foram os times, tampouco seus técnicos que me irritaram, mas sim a arbitragem e sabe-se lá o que mais envolvido...

    A verdade é que a seleção brasileira sem "estrelismo" nos poupou muitas lágrimas. Digamos que foi "menos pior". Afinal, todos deduziam esse final pseudo-trágico.

    Apesar do meu comentário ácido, saiba que adorei seu texto! :D
    Beijos
    :*

  1. Jackie

    Olá, estou dde volta aqui.!
    Que jogo hein?! Não foi dessa vez mas o Brasil ainda tá lá em cima. Ainda tem chance em 2014, até pq se não foi esse ano, será em 2014. E será muito mais orgulho porque será aqui no Brasil, na nossa terra verde e amarela!
    Pra falar a verdade eu tbm não acreditava muito que Brasil ganharia, mas agora o que podemos fazer é esperar até 2014!
    Vamo lá!
    Um beijo.

    http://floresnegrasdajackie.blogspot.com/

  1. Anônimo

    O Brasil ter perido foi triste.
    Mas em 2014, quem sabe?
    Afinal, a esperança e o orgulho de ser brasileiro(a) são os últimos que morrem, né?

  1. Anônimo

    P.s: o comentário acima foi postado por mim, ♥ Garota ♥
    :)

  1. Karenzinha

    Excelente, acredito que é o desabafo de muitos brasileiros, temos excelentes jogadores, somos os melhores do mundo, mas ainda falta um pouco de maturidade e autocontrole. Mas concordo com vc, eles tentaram, e tbm me doeu ver o Julio quase chorando ao se desculpar, pois todos somos passíveis a erros, e ele na sua somatória terá com certeza muito mais acertos, pois em diversos momentos ele forá extraordinário. E é disso que devemos nos lembrar. E agora é batalhar e se preparar pra próxima, em casa e ficar com a taça do hexa...

    Ahh.. e com certeza, que ganhe qlqr time, menos Argentina e Holanda.... shuahsuahsua

    Beijo grande querido.. continuo apaixonada por seus textos.. são ótimos...

  1. Naty Araújo

    Ótimo seu texto...

    Beijos.

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.