Um olhar, um jeito, uma concepção.

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , , ,

      
      Confesso de antemão meu pecado. Eu tenho mania de primeira impressão! Não, eu não queria ser assim, mas parece ser algo que vai do meu ímpeto. É mais forte do que eu.  Aposto que já ouviram a seguinte frase: "O meu santo não bateu com o dele" ou "Ele(a) não vai com a minha cara?". Como eu sofro por ser assim. Ok, eu não sofro nada por ser assim. Chega de drama e de falsas verdades. Nada disto me influencia em nada. Vou lhes contar em poucas palavras como tudo isto acontece em minha vida.
      Eu sou alto (e altura demonstra muita coisa em terra de pessoas pequenas) e isso logo assusta. Sou sério (tenho medo de mim nessas horas) e tenho um olhar que fuzila qualquer um. Sim, eu mesmo abomino este olhar. Há horas em que eu mesmo não queria olhar de certa formas mas... foi. Não, eu não sou maligno. Sou um menino bom, legal, engraçado. Vale outra citação: Você só saberá quem sou se me conhecer a fundo". Como eu sou diferente após aquele primeira impressão. Devido a isto, por ser assim, que as pessoas se afastam de mim. Faço faculdade e sempre pego ônibus com três ou quatro pessoas da minha sala. Não falo com nenhuma delas! Nem no ônibus e nem na faculdade. Sei lá, acho que elas tem medo de mim. Mal sabem elas o que estão perdendo! Eu? Bom, eu não perco nada por que adoro a forma como eu sou.
      Por várias vezes, inimagináveis, me peguei nessa de primeira impressão. Já perdi as contas! Já disse que é algo impulsivo e acho que sempre será assim. Não, eu não me considero um ser preconceituoso em nenhuma parte por ser assim. Preconceituoso por quê? Quais fundamentos? Quer dizer que por escolher não querer falar, opinar ou sequer dar um 'oi' eu sou preconceituoso? Não. Devemos nos preocupar com coisas bem piores e que devem ser resolvidas o mais rápido que meus conflitos pessoais. Eu acho que o mundo não deixará de ser mundo se eu decidir ser 'amiguinho' de toda nova pessoa que conhecer.
      Às vezes, bate aquele frustração, aquele sentimento de que por que eu sou assim. Calma que esse sentimento é como uma brisa! Chega e vai ao mesmo sentido sem mudar nada! Bom, até agora deve imaginar que sou o pior dos garotos, o mais frio e insensível que há, não é? Bem, pode até ser, mas para dizer isto só me conhecendo. Que contradição, não? Eu dizendo que formulo opinião de quem nem conheço, mas afirmando que só você me conhecendo para saber que não sou totalmente o que pareço ser. Entretanto, levo minha vida da forma que Deus me deu. Se um dia tiver que mudar, mudo. Senão, continuarei pela eternidade assim. Selecionando amigos, namoradas, colegas e tudo o que vier pela frente. Afinal, eu não sou obrigado a gostar de ninguém e nem agradar. Se Jesus, o Rei da Glória não agradou a todos, por que eu agradaria?

"Texto ultra pessoal. Eu em poucas palavras. Por isso que afirmo que não sou o melhor e nem o pior de todos. Espero que esta pauta tenha se encaixado na proposta do BLORKUTANDO. Provavelmente me ausentarei estes dias da internet e por conseguinte, do blog. Estarei em minhas primeiras provas da faculdade. Preciso me dedicar, não? Forte abraço e tenham um excelente final de semana. GRATO pela forte presença de todos por aqui.  PS.: VOTE CONSCIENTE, VOTE 43, MARINA SILVA PRESIDENTE."

7 comentários:

  1. Tay

    Eu não tenho medo de você, ainda bem que você nem tem web pra eu ver o seu olhar fulminante!

    :D

    Boa sorte lá.
    Beijos!

  1. Pegadas do Coração

    Rapaz, todos temos um pouco de medo de nós mesmos..Ser o que é não, é pior, por isso, seja autêntico, e viva a vida da maneira que seja agradável primeiramente a Deus, o resto a gente aprende com o tempo, até porque não somos perfeitos..
    Já nascemos com defeito de fábrica.kk..
    Abraço e boa prova e semana!

  1. Allan

    É por isso que eu gosto do blogger, aqui conhecemos as pessoas primeiramente pelo o que elas pensam! Como eu disse no blog do tiêgo:Sobre esse negócio de pré-julgamento todos nós seres humanos fazemos, mas nem todos temos a consciência de que mesmo tendo uma opinião formada nós temos que comprová-la, correr atrás pra ver se é isso mesmo, eu caí em mim quando descobri que todos os meus pré-julgamentos estão errados, sempre quem aparenta pra mim ser mais legal, é sempre dos mais chatos e vice-versa, a primeira impressão [pelo menos pra mim] não é a que fica. Abraço

  1. @juusep

    Eu tb tenho esse negocio de primeira impressão :\ ODEIO ISSO!

  1. Patrícia N.

    As pessoas também têm um pouco de medo de mim.Acho que porque sou calada e 'não me misturo com a gentalha' [/brincs
    Aaah vou te deixar curioso para sempre /MENTIRA
    É que,como estou no último ano onde estudo,há uma espécie de classificação das melhores notas.E no meio de quase 400 alunos eu tive a melhor média durante os 4 anos:9,54.
    4 anos rezando para passar neste bendito 1º lugar :x
    Fique com Deus.

  1. Heitor Lima

    Olá, Ítalo!
    Gostei do seu texto. Eu tenho um pouco disso, sabia? hehe'
    Meus melhores amigos hoje são aqueles que eu não fui com a cara da primeira vez que vi :P
    Mas enfim... cada um tem seu jeito de encarar as coisas, né?
    Boa sorte nas provas da facul, mano.
    :D

  1. Leila Ice Girl

    nossa Ítalo, me identifiquei às pampas com o seu texto; eu também tenho essa maniazinha de formar uma opinião sobre alguém antes de conhecer realmente, mas por outro lado, ter abertura pra mudar a sua opinião depois é uma virtude. Parabéns, Manuscrito cada dia mais lindo. E boa sorte com as suas primeiras provas, não tá ansioso? kkkk primeiras provas da faculdade são inesquecíveis.

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.