C'est la vie

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: ,

Foto retirada do Flickr

      Passar esses dias naquele casarão abandonado foram como uma terapia para mim. Na verdade, eu precisava realmente ter um tempo só meu. Chega de querer ser boazinha com todo mundo e não me valorizar. Eu sei que neste mundo enorme há alguém que realmente me mereça, que me entenda e que me ame. Eu sei que ainda vou encontrar esse alguém nem que eu passe o resto da minha vida aguardando esse momento chegar.
      Passear por estes jardins me fez refletir que não sou a única a sofrer por uma traição e que o mundo não se acaba por isso. Não falam que decepção dói, mas constrói? Portanto, vivo intensamente esta frase. Estava a ponto de definhar de tanta dor, mas a vida nos ensina que para cada tropeço a um levantar triunfal que te faz perceber que você não está ali sozinha. Eu sei que tudo o que fizer na Terra não adiantará de nada, mas é preciso que eu faça algo por que se não fizer ninguém fará.
      Não adianta mais reclamar. O que passou, passou. Segundo Gandhi, não existe caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho. Vou viver uma nova etapa, uma nova vida. Procurar esquecer o passado, viver do presente e tentar fazer do meu futuro algo que possa me orgulhar. Viver intensamente, sem me deparar com o que me fez chorar. A vida é feita para aqueles que sabem vivê-la com um enorme sorriso estampado no rosto.


"Pauta para o Mil Palavras. Um texto que serve como uma auto-ajuda. Pessoal, na verdade, eu prefiro a ajuda do alto do que uma auto-ajuda. Entenderam? Espero que sim. Que DEUS os abençoe em grande sabedoria e graça. Passei aqui para dizer uma novidade. Meus tempos de blogar vão ficar um pouco escassos devido à faculdade, o serviço e minha vida também. Prometo NUNCA abandonar este blog, mas acredito que só o atualizarei quando estiver de folga e aos sábados, quando for escrever para o ATALAIAS da FÉ. Espero que entendam e que não me abandonem. Forte abraço."

10 comentários:

  1. Lucas Stefano

    U ff Italo. Finalmente consegui enrar no seu blog para poder comenatr. ÓTIMO TEXTO MANO. Tava com saudades do seu blog. E olha que parece que eu tava precisando desse texto. Muito obrigado. Não deixe de visitar o meu blog. Até mais.

  1. Naty Araújo

    Hahaha... prefiro uma ajuda do alto, do que uma auto-ajuda kkkkkkkk.
    morri de rir rsrsrs.

    Gostei da história, boa sorte lá no projeto.
    Aliás, vc sempre tá ganhando por lá, nem precisa de sorte rsrs

  1. Camila

    Ah, eu adorei o texto, com certeza você vai ganhar no Palavras Mil *-*
    beijo.

  1. H. Steiner'

    Muito bom o post.
    hsauhduahdusahdsau
    eu gostei do "ajuda do alto do que auto-ajuda", e concordo plenamente.

  1. Lucas Rolim (:

    às vezes o melhor terapeuta para nós mesmos somos nós. Um tempo a sós conosco nos ajuda a refletir, a pensar...

  1. Lucas Rolim (:

    às vezes, o melhor terapeuta para nós somos nós mesmos. Mentimos para todos, mas não escondemos a verdade, por mais que dôa, de nós e de Deus.

    Ótimo texto sempre Italo (:

  1. Leeti

    Vamos por partes:
    ~ Pra começar, A-D-O-R-E-I o novo visual do blog, muito legal.
    ~ Concordo com você, prefiro uma ajuda do alto do que uma auto-ajuda.
    ~ Adorei o texto, tirou mais da imagem do que eu imaginava :)

  1. Allan Penteado

    como eu precisava ler isso!! Tocou na alma mano!!! Bola pra frente né?! Independente do que aconteça!! e mesmo que eu passe o resto da minha vida procurando o que quero eu não vou parar!!! valeu

  1. M amaral

    ora, só é uma pena que você só descobriu tudo isso quando estava só, em um casarão, ou não, porque no meu caso, eu so descubro as coisas quando estou em conjunto, o que gera muita, hm, confusão...
    to seguindo, bjs

  1. Sandra

    Estou com a Interação de Amigos.. nesta coletiva.
    http://sandrarandrade7.blogspot.com
    Muito boa a sua participação.
    Como é bom participar e conhecer novos amigos.
    Carinhosamente,
    sandra

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.