Can I fly?

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , , , ,


      Talvez a melhor decisão a tomar seria partir. Este lugar se tornara inóspito demais para o jovem Noah. Ele não conseguira sobreviver a tantas incontentações da sua própria vida e as cobranças dos que estavam ao seu redor. O cárcere privado em que ele mesmo se colocara o tornara a pessoa fria e insensível que hoje ele é. Isso não era bom e, portanto, fugir seria a melhor maneira. A fuga é capaz de aliviar a tensão mas, pode trazer consequências trágicas.
      Ao falarmos de consequências trágicas, o que nos vem em mente? Tragédia? Em que sentido? O que seria o algoz do jovem Noah? Porquê fugir? Fugir é o melhor caminho? São muitos questionamentos para um garoto que queria somente ser aceito pelo o que ele era e, nada mais. Seria tão difícil enxergar o quão doce e suave era o garoto que externamente aparentava ser gélido e atroz? Não dizem que nos menores frascos há os melhores perfumes? E por que não acreditar que aquele garoto era alguém especial?
      Noah decidira ir sem deixar as reais explicações de sua decisão. O sentimento AMOR já não era real. Ele vivia uma utopia diária em acreditar que em si mesmo poderia encontrar forças para viver. Sim, ele vivia sob a base de um sentimento utópico, tendo em vista que, acreditar no que era uma ilusão poderia o corroer por dentro. E sob esta forte corrosão tomou sua decisão.
      Rumo a um lugar distante, rumo ao infinito, rumo ao além. Muitos podem questionar sua decisão, muitos podem ficar sem entendê-lo quando até ele mesmo não sabe entender os seus reais desejos e sentimentos. É um misto de tudo aquilo que ele não queria ser com aquilo que ele se tornara em compensação por aquilo que os outros impuseram que ele fosse. Noah é isso, simplismente isso: um garoto.
"Estou tão omisso com este blog e com meus queridos blogueiros mas, estou amando tanto o meu curso que encontrar tempo para vir aqui aliado ao meu serviço tem se tornado cada vez mais difícil. Aos mais chegados prometo minha total lealdade e, aos novos prometo ser o mais honesto e breve, pois sei que encontrarei tempo e forças para vir aqui. Fiquem com um episódio atípico de Noah. Este personagem ainda vai render muito aqui. Abraços. GOD BLESS"

13 comentários:

  1. Jerúsio Dinamarques

    Oi, parabéns pelo blog muito bom. Ótimas postagens!! Você também esta convidado a visitar o meu blog. http://inatriosolii.blogspot.com/

  1. Leila Ice Girl

    É você está devendo mais postagens sim! hehe, brincadeira, que bom que estás gostando do curso, eu estou louca para chegar o segundo semestre logo para minhas aulas começarem também!
    Ah, adoro o Noah!
    beijos

  1. Thai Nascimento

    Fugir é fácil demais pra ser uma solução. Soluções são difíceis, demoram a fazer seus efeitos.

    A ausência do blog nunca é uma coisa boa, mas você tem ótimos motivos. Está perdoado, rs.

  1. Lucas Stefano

    Post bem inigmático. Eugosto dos seus posts por que eles contam histórias no estilo flor de primavera : vão desabrochando aos pouquinhos, aí dá um tom de suspense . É bem legal. Gosto muito dos seus posts , por que eles me fazem viajar. Até mais.

  1. Juliane Oliveira

    Interessante" *-* Parabéns pelo blog, mt bom.

    Dar uma passadinha lá no meu blog tbm! Tem novidades desse outono-inverno, e ta otima essa tendência agora viu, super linda! Comente!
    http://sosfashion-makeup.blogspot.com/

  1. Patrícia N.

    Fugir...esta palavra dá medo e angústia. Ainda acho preferível lutar :)

  1. Habib Sarquis

    Post interessante. As vezes fugir faz bem.

    http://boomnaweb.blogspot.com/

  1. PATY

    muito legal...
    Parabéns...

  1. Gabriel G.

    Fascinante, sem delongas.

  1. Rogerio

    muito bom o texto...ler e pensar a respeito...fugir nem sempre e a melhor opção...podemos recuar...e depois vir com tudo novamente...

  1. Stella Valim

    Seu blog é ótimo!
    Fugir da um medo né? Mais...muitas vezes é a melhor opção, adorei o blog cara,parabéns.
    http://plush-love.blogspot.com/

  1. KGeo

    se eu tiver-se tantas questões eu diria foda-se e tentaria viver.

  1. Sandro Mangueirense

    Belo texto, que trata com objetividade de um tema universal: as mudanças que cada um de nós sofremos. Essa vontade de fugir, porque ninguém nos entende, ninguém nos aceita, é típico do ser humano, sedento não pela aceitação dos outros, mas por si próprios. Todos nós um dia, por algum motivo que seja, já passamos ou passaremos por isso.

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.