Falar da DOR...

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , , , ,



      Falar daquilo que dói em nós nem sempre é o que queremos, como por exemplo, um exame de sangue de rotina que anualmente precisamos fazer, ou qualquer outra coisa que nos cause uma dor mesmo que momentânea, mas que é necessário passar por ela.
      Falar daquilo que dói em nós é sermos obrigados a lembrar de algo que faz parte da nossa vida mas por algum motivo, deixamos de perceber, até chegar ao ponto deste que foi esquecido gritar e nos fazer sentir a dor da lembrança e da importância dele. Por exemplo, o nosso coração! Quantas pessoas hoje comem, se drogam, e não se exercitam e sem perceber o mal que estão trazendo. Por não terem uma DOR que as faça lembrar do erro que estão cometendo, muitas vezes em algum momento da vida o peito irá doer e o coração irá “falar da dor” que por muitos anos foi obrigado a suportar.
      Falar da dor significa lembra-nos de erros que cometemos, amizades que perdemos, parentes que nunca mais vemos... O que precisamos aprender é que muitas vezes a dor nos ensina! Sim, não precisamos ir muito longe. Basta ler em Isaías 53:3 “Era desprezado,  e rejeitado dos homens; homens de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso algum...”
      Falar da nossa dor! Sim, hoje convido a você a lembrar de onde você já caiu em sua vida, pecados que cometeu e entender o quanto você é limitado e frágil, capaz de ter uma atitude que pode gerar uma ferida tão grande que deixará cicatrizes terríveis.
      Falar da dor é reconhecer que sempre haverá  pessoas com mais  dores do que nós, pessoas com sofrimentos maiores e mais profundos que os nossos e com isso reconhecermos o quanto Deus nos tem abençoado.
      A vida é repleta de dores, e falar nelas ou delas não é pecado. Pecado é tentar ser como um leproso que é insensível a dor, ou que despreza a seriedade da frieza de não querer senti-la. Se não sentirmos a dor, corremos o risco de morrermos e nem percebemos o que nos matou.
      Lembre-se sempre da dor que Cristo passou por você, entenda que Ele não precisava de nada disso, mas... O amor leva você até mesmo a sofrer a DOR de quem você ama!
      FALAR DA DOR deve sempre levar você ao calvário, reconhecendo que a nossa dor momentânea e passageira não será, em momento algum, maior do que a dor que Ele sofreu para que hoje pudéssemos desfrutar da CURA.
"Mais um texto que não é de minha autoria, mas retirado da Bíblia Fé do André Valadão. Essa bíblia traz umas reflexões profundas do pastor/cantor e essa é mais uma delas. Espero que vocês tenham sido renovados por estas palavras assim como eu fui quando as li pela primira vez. Dia 14/03 começa minhas aulas na UFMA no Curso de Comunicação e dia 15/03 espero conseguir montar um texto do meu primeiro dia de calouro! GOD BLESS."

34 comentários:

  1. Alina Gonçalves

    De novo...rsrs.Esse aí foi pra mim...posso falar sinceramente q essa semana pude sentir os dois tipos de dores q o texto fala,a física e a emocional.E,nas duas situações só pude pensar em uma pessoa:Jesus.Sério,pq eu sei q Ele é o meu Consolador e o que torce por mim.Até tinha mais coisa pra comentar,mas paro por aqui senão vira um post,rsrs.Glória á Deus por sua vida It=)

  1. Lucas Stefano

    ótimo texto. Seus textos são alguns dos poucos que me fazem parar para refletir. O tema dor nesse caso trouze uma levada leve , porém profunda. Um ótima reflexão. O André Valadão é realmente um homem inspirado por Deus. Parabéns a ele, e sucesso no blog "Manuscrito". Rumo aos 200 seguidores , Uhu!!!!

  1. Nathy

    Perfeito! Ainda não conheço a biblia fé do André. Mas o texto é edificante, como muitos que encontro aqui no seu blog.

    Abraços, querido!!! ;)

  1. Pegadas do Coração

    Falar de dor nem sempre faz bem,nos faz lembrar dos tempos de amargura, angústia, quando não conhecíamos ainda a Deus. A partir do momento da renúncia ao mundo, tudo muda, os problemas ainda nos rodeiam,mas a confiança no nosso Senhor nos torna mais que vencedores. É isso que me faz esquecer a dor e viver eternamente segurado nas mãos do Pai.
    Obrigado por não esquecer da gente,viu? Seu blog é uma ferramenta poderosa pra anunciar o evangelho de Deus.
    Abraço.

  1. Leila Ice Girl

    Falar da dor pode doer mais que a própria dor, sim, é ralmente dificil encarar certas verdades.

  1. Allan Penteado

    nossa que texto lindo mano! falar da dor é realmente difícil mas é muito necessário, deixar ela de lado ou simplesmente ignorá-la não nos faz superá-la. Ótima reflexão Italo, essa bíblia deve ser mesmo muito legal, você mais uma vez me incentivou tê-la.

  1. Habib Sarquis

    Texto excelente. Querendo ou não a dor faz a gente amadurecer. =)

    http://boomnaweb.blogspot.com/

  1. Beatriz Verissimo

    Falar da dor é bem complicado. Adorei seu blog :)

  1. Rubi

    Textos que nos fazem refletir são poucos. Mas com certeza o seu é um deles.

  1. Gabriela Lauriano

    Adorei esse texto, realmente falar da dor as vezes nos faz perceber que muita gente sofre mais do que nós, e nos faz enxergar o quanto Deus é bom na nossa vida.
    Falar da dor, de algo que não é bom, de algo que nos machuca é chato, e lógico, doloroso. Mas como a maioria das coisas na vida, é inevitável.
    Bj.

  1. INrracionais

    muito Bom

  1. any crue

    Respondendo ao seu comentario no meu blog... realmente ele morreu por ser quem ele era e com todo orgulho de quem era! acho que devemos lutar e lutar por um ideal e mil vezes se for preciso morer sendo quem somos e não nos esconder por detráz de uma carcaça! parabéns pelos "manuscritos" ^^

  1. bia santos

    Estava gostando do post, até quando chegou na parte do "leproso"...

    Essa palavra foi proibida, já faz um bom tempo. O termos certo é hanseniano.

    Eu trabalho em um hospital de pessoas portadoras da hanseníase e fico muito triste, quando leio algo que as ofenda.

    Muitas pessoas foram segregadas, condenadas a prisão perpétua, sem sequer terem cometido crime algum. Somente por serem portadoras dessa doença...

  1. KGeo

    nunca é fácil falar de uma coisa que só de pensar doi.

  1. Letícia

    Que legal seu post... adorei, legal a forma como colocou
    ... Esta bem legal seu blog

    Passa lá no meu também
    http://leticiaturtle.wordpress.com/2011/03/10/filosofia-do-seu-madruga-no-mundo-dos-negocios/

  1. Gabriella Matos

    Oi Italo!

    Obrigada pela visita, é sempre bom ter uma opinião masculina sobre o assunto!! Espero que volte mais vezes!!

    Beijão

  1. Anônimo

    Que lindo seu texto! Ele me fez pensar em muitas coisas...

    Estou ajudando uma amiga na divulgação do blog, se puder comentar e ajudar...Abraço
    http://gihcamp.blogspot.com/

  1. Geicivane

    Adorei o texto! Realmente, falar da dor, é complicado...

    http://geiciblog.blogspot.com/

  1. carol

    Eu gosto de falar de dor, só não gosto de senti-la, uma forma de aliviar é falado de acordo com Shakespeare. Amei seu blog. e o texto. *O*
    http://oicarolina.wordpress.com/
    me visite.

  1. Adilson Guimarães

    A dor é tão dolorida quanto sábia, sem ela pouco poderíamos fazer de profundidade nessa vida. Não por isso devemos nos conformar com a presença dela...

  1. • Cynthia Brito •

    É. "Muitos choram mas não desistem de viver".

    Obrigada pela visita. E, bom, gostei muito daqui e estou seguindo. Beijinhos...

    Com amor,
    |Cynthia =*

  1. Duo Postal

    A dor é algo terrível porém necessário. Sou suspeito em dizer que a dor na alma é pior do que qualquer dor física.

    http://duo-postal.blogspot.com

  1. Luria Corrêa .

    Oi Italo, que honra te ver no meu espaço, e obrigada pelo carinho.

    Bem, com certeza a dor e os erros do passado, de quase todo mundo, é seu ponto fraco. E acho que é nessa hora, que devemos erguer a cabeça e rogar toda nossa fé, visando que daqui pra frente, o único caminho, é aquele que nos leva à um bom final.

    Excelente postagem, beijo.

  1. Duo Postal

    A equipe do jornal Duo Postal abre oportunidades para que estudantes de Jornalismo como você possa estar participando em nosso blog. Se lhe interessar, entre em contato no email:

    duo.postal@hotmail.com

  1. Fernanda Amylice

    Ótimo texto, acredito que a dor seja necessária para o crescimento como pessoa. Ela nos torna mais sábios, resistentes e cuidadosos.

  1. Luria Corrêa .

    Olha eu de novo. Esqueci de dizer-te como anda o livro Italo :) Bem, agora escrevo uma história e decidi fazer um mais complexo daqui um tempo.

    Beijo.

  1. Alexandre

    Não curto muito palpitar em quetões de religião!
    O problema é que já fui muuuuito religioso e acabei percebendo que não precisamos ser exagerado.
    MAAAAAAAAS, o texto é lindo e sei receonhecer uma mensagem legal!
    Parabéns!
    Beijão

    passa no meu?
    http://voandoalem.blogspot.com/

  1. Bruuh Fevers

    Esse texto é incrível,realmente sempre que sentimos uma dor devemos saber que tem sempre alguém que esteja sofrendo mais do que nós e que Jesus morreu por nós,isso sim é sentir dor.Achei esse texto muito bonito e me fez pensar ;)

    http://imodelblog.blogspot.com/

  1. Murillo

    Agradecer à dor por ela existir e mostrar o quão bom é sentir o amor! Se a dor existe, o amor também. É uma prova com certeza de qual sentimento é melhor de se sentir! :)

  1. Suzy Carvalho

    falar da dor eh voltar no passado, e voltar no passado eh a msm coisa q se auto ferir.

  1. Caio Nijam

    Bom!

  1. Cabeludo CD's

    Mto bom...

    cabeludocds.blogspot.com

  1. Natasha Piervy

    Olá nós do blog Madness agradecemos sua visita, já estamos te seguindo.

    Tanto a dor fisica quanto mental devem ser ''trabalhadas'' com cautela para não aumentarem, mas a dor mental parece que doi na gente mas nunca aprendemos que aquela dor nos faz mal e sempre procuramos de alguma forma nos machucar. Esse texto é lindissimo, muito bom para reflexão.

    MADNESS - O BLOG DA LOUCURA!

    TWITTER DO BLOG MADNESS

  1. Marcia H. Lira

    Oi, Ítalo!
    Curti seu blog no geral. Falar de dor é sempre difícil. Mas, nesta última postagem “Falar da dor”, algo me desagradou muito. De minha parte, acho que foi infeliz a a colocação do autor ao mencionar “Tentar ser como um leproso, insensível a dor...”. Não se escolhemos sentir dor, ela é conseqüência de nossos atos, de nossas paixões, escolhemos é como vamos reagir a ela. . Não se escolhe ter uma determinada doença, hanseníese para ser mais específica. Um portador de hanseníase não escolhe ser “insensível a dor”. Foi péssima a colocação do autor ¬¬’
    Já diria Drummond: “...a dor é inevitável. O sofrimento é opcional.”
    O blog ta muuuuiiito legal no geral!
    Tô seguindo *-*
    Dá uma passadinha no meu
    http://www.lira-flor.blogspot.com/

    Beijinhos

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.