Noah, parte II

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , , , , , ,


[...] Noah, parte I [...]



     Passados alguns dias, Noah ainda estava eufórico. Tudo o que Noah desejava era buscar por mais da presença de Deus e meditava bastante os trechos escritos na bíblia sagrada. Em uma noite, quando estava indo dormir, Noah ajoelhou-se em seu quarto e foi orar a Deus.
    Quando estava contando a sua vida para Deus, Noah ouviu, novamente, aquela voz estranha que havia ouvido na igreja. A voz lhe dizia que Noah deveria pregar sobre Jesus aos seus amigos. Noah precisava fazer a diferença. A voz foi clara e Noah entendeu a mensagem dita.
      Na manhã seguinte, quando Noah saiu de casa e foi para a faculdade, seus amigos lhe convidaram para ir a uma balada no fim de semana. Noah disse que não podia por que tinha que ir a igreja. De imediato, seus amigos pensaram que Noah estava brincando. 
      - Igreja? Desde quando você frequenta igreja? Aah, já sei! É pra pegar a Kate, né? Mó gata, é verdade! Mas ela tem aquele "papinho" de esperar em Deus pelo cara certo. E já percebi que você dava umas olhadas pra ela! Tá indo pra igreja pra pegar a mina, mano? 
     - Não! Eu tive uma experiência com Deus dias atrás quando um amigo meu me convidou a ir à igreja. Deus falou comigo! E tem falado comigo todos estes dias, desde que aceitei a Jesus como meu Senhor e Salvador! disse, euforicamente, Noah.
      - É um delírio crer em Deus! Adorar a quem morreu? Deus é morto! Você é ridículo! disse Marcus, amigo de baladas de Noah. 
      Ouvindo aquelas duras palavras, Noah lembrou-se do que havia pensado no dia em que se converteu. Havia dito que era "ridículo" acreditar em um Deus morto e que nada podia fazer. Porém, Noah respondeu aos amigos:
     - Vocês dizem ser vã a minha fé, que é um delírio acreditar em Deus. Prefiro mesmo assim continuar e acreditar. Ridículo eu sei se isto for me trazer a glória!
     Os amigos de Noah começaram a caçoa-lo e a persuadi-lo com palavras que o difamavam. Noah, mais uma vez, retruca: 
     - O melhor está por vir. Amigos, Jesus virá e será melhor se vocês crerem. Ele não está morto, Ele ressurgiu dos mortos e vive. Creiam que Ele deu a vida por amor a vocês. Então, viveremos juntos, na glória, quando Ele nos buscar.
     Aquelas palavras pareciam loucura aos ouvidos dos amigos de Noah. Todos foram embora sem dar valor ao que Noah havia dito. Contudo, Noah havia percebido que Deus estava com ele e que aquelas palavras não foram soltas em vão.
      Noah lembrou-se da passagem de Isaías 55. 11 que diz: "Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei." Ele era com Deus e Deus era com ele. Melhor ser ridículo se, sendo isto, obter a glória de Deus.

[...] a Saga Noah continua [...]

"Segue a continuação de um dos episódios da vida de Noah. O texto foi baseado na música "Ridículo" da banda Livres, do Juliano Son. Espero que gostem e até breve com mais desventuras da vida de Noah."

3 comentários:

  1. Allan Penteado

    Olha o Noah novamente por aí! Deve sr mesmo uma barra enfrentar os antigos amigos assim que a pessoa se converte, ouvir as ofensas, e ainda mais quando somos novos na fé! Conheço várias pessoas que passarão por isso, e o maior testemunho que podem dar é das próprias vidas!

  1. Realidade Caótica

    Gostei do conto, a escrita ficou perfeita, e o contexto ficou de uma forma bem bacana de se ler. Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

  1. Gabriele Santos

    Adorei ler o segundo capítulo. Todos que de alguma forma passam por uma mudança em suas vidas terão que passar por esta situação, de lidar com a incredulidade e ignorância das pessoas.

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.