Tudo o que rolou no Top7 do programa SuperStar

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , , , , , , , , , , , ,

Com formato israelense, programa SuperStar tem conquistado, aos poucos, a audiência do público brasileiro

      Confesso que virei fã do reality show musical há pouco tempo. Num mundo em que gêneros televisivos como o The Voice dominam é difícil aceitar mudanças, mas tenho que assumir que o programa SuperStar, da Rede Globo de Televisão, conquistou minha audiência.
      O formato israelense é interativo e, além dos jurados, que não fazem nada mais do que palpitar nas apresentações, mas não dão dicas do que as bandas poderiam apresentar, também possui participação do público que cada semana vota no seu candidato preferido para que ele possa permanecer no programa por mais uma semana.
      Antes de comentar sobre as bandas uma coisa preciso ressaltar: Fernanda Lima é linda, tem uma família linda, é gaúcha das pampas, mas pelo amor de Deus! Ela não nasceu para apresentar reality shows. É constrangedor ver a guria ler aquele TP com o olhar meio vesgo! Acho que ela caberia bem no ofício de repórter, que é atribuído a atriz Fernanda Paes Leme e que o faz dignamente. Já André Marques, bom, não há o que comentar. O rapaz é excelente apresentador. Estando gordo ou magro ele tem carisma e é a “salvação” da apresentação do programa.

Dinho Ouro Preto, Ivete Sangalo e Fábio Jr (jurados) ao lado de Fernanda Lima, André Marques e Fernanda Paes Leme (apresentadores)

      Outro fato que não posso deixar de comentar é a banca de jurados. Há muito tempo penso que a Globo gosta de alimentar a rixa entre os fãs de Cláudia Leitte e Ivete Sangalo. Primeiro, por que já deu oportunidade de Ivete apresentar um programa aos finais de ano em sua programação e, depois, por convidar Cláudia Leitte para ser jurada de um dos formatos de reality show musical mais conhecido do mundo, o The Voice. É singelo o toque de “vamo botar lenha na fogueira” da emissora. É inegável que as duas possuem muito talento e não são sucesso à toa, mas pra que tanta intriga disfarçada? Os fãs, revoltados e nada despercebidos, só reforçam ainda mais o “falsa rixa” entre as maiores cantores de axé do país. Todavia, não é Cláudia Leitte a jurada do SuperStar, então, vamos nos direcionar a Ivete.
      Baiana da gema, se assim pode dizer, Ivete Sangalo é o show de toda a banca de jurados. Todos os domingos, a mulher rouba a cena, interrompe a fala dos outros jurados e mostra que não está nem aí para o que vão dizer dos seus comentários musicais, que, aliás, são bem pertinentes, o que denota que a cantora sabe dos babados musicais. No SuperStar, os jurados são apelidados de padrinhos ou madrinhas de algumas bandas que se apresentam.
      Dono de uma linda histórica romântica nos palcos do Brasil e mundo, mas que não  é refletida na vida amorosa e conjugal, Fábio Jr é outro cantor que compõe a banca de jurados do SuperStar. Seus comentários sobre músicas são inteligentes e sua postura, dentro do programa, é de longe a mais condescendente. Já o cantor de rock, Dinho Ouro Preto, não é o mesmo. Mantenho firme o pensamento de que há um “recalque” do cantor com uma das bandas que compõe o programa, a Move Over. Os comentários dele sobre algumas banda é até aceitável, mas é completamente descarado toda a repulsa dele por Adriane e seus cachos avermelhados.
      O programa (até o momento em que foi escrito este post) está em seu Top6. Restaram as bandas Malta, JamZ, Move Over, Suricato, Bicho de Pé, Luan e Forró Estilizado. No Top7, o Grupo do Bola deixou a atração amargando apenas 65% dos votos.

Rodrigo Nogueira, vocalista da banda Suricato

      Primeira banda a se apresentar no Top7, o Suricato é a banda que eu pensava que deixaria a atração. Apadrinhado pelo cantor Paulinho Moska, o Suricato mescla o folk americano com toques de MPB. É super inteligente e prazeroso ouvir as melodias e letras feitas pelo cantor do Suricato que sempre se apresenta acompanhado de uma mala estranha que ele usa como se fosse uma bateria ou coisa do tipo. 

Move Over, banda de rock paulista que mescla músicas de artistas pop com o rock

      A segunda apresentação ficou a cargo da Move Over. Dona dos recordes de votações do programa, duas vezes alcançando 94% dos votos, a banda paulista de Bauru nunca consegue se dar bem em apresentações com músicas autorais. É angustiante ver que a porcentagem não sobe e, pior ainda, é perceber a cara de deboche de Dinho Ouro Preto ante a apresentação da Move. Posso estar sendo rigoroso demais, mas que tem “caroço nesse angu, tem”. De longe, a dona dos cabelos vermelhos é a que mais chama atenção e penso que, uma parceria com a cantora Pitty seria o estopim para o início de uma rentável carreira de sucesso. No programa, a banda já fez cover de Wrecking Ball, de Miley Cyrus, Roar, de Katy Perry e Decode, do Paramore. 

Grupo do Bola e o encanto do samba porto-alegrense

      O Grupo do Bola foi a terceira banda a se apresentar. Originalmente, a banda se diz adepta do samba, mas mostrou durante todas as suas apresentações no SuperStar várias vertentes de ritmos brasileiros. Não é “a BANDA”, mas até que o som deles é bem interessante. A seguinte apresentação ficou a cargo do ritmo nordestino e contagiante do forró paraibano.

Forró bom se de ouvir do grupo Luan e Forró Estilizado levando Campina Grande (PB) para o mundo

      Ao ver a tietagem de Suzana Vieira a cerca da banda Luan e Forró Estilizado fiquei meio receoso. Sou nordestino e amo a minha região, mas não sou patriota (essa palavra se refere a pátria, mas quero encaixá-la de forma que se refira a região nordeste do Brasil, ok?) e não saí em defesa dos meninos forrozeiros, mas depois de ver duas apresentações percebi que eles não são bons, mas excelentes. E como não se encantar por essa fala cantada da Paraíba? Gente, é lindo demais. Tenho um amigo das Alagoas que fala cantando e é lindo ver esse regionalismo forte do Brasil que é capaz de formar vários Brasis.

Banda Malta

      Quinto grupo a se apresentar, a banda Malta é a grande atração de todo o programa. Em sua página oficial no facebook, o grupo já ultrapassou os 300 mil seguidores. É quase I-M-P-O-S-S-Í-V-E-L eles não ganharem o programa, mas quero deixar claro que, apesar deles cantarem sempre musicais autorais não os acho nada originais. A banda assume descaradamente a pegada das bandas Nickelback, Three Doors Down e Creed e, se você for evangélico e ouve música do gênero internacional, com certeza vai perceber que eles se parecem com o Third Day. O que quero dizer é que o timbre do cantor da Malta é parecidíssimo com o dos vocalistas destas quatro bandas.

Jazz, R&B, Soul, Blues, enfim, tudo que há de melhor na música norte-americana o JamZ mistura trazendo, lógico, a brasilidade na voz do cantor Willian Gordon

      A penúltima apresentação do programa ficou com os meninos da JamZ. Eles costumam cantar músicas de interpretes internacionais, como Pharrell Williams, Justin Timberlake e Bruno Mars. Por quê? Simplesmente por que Willian Gordon, vocalista e baixista da JamZ só canta em falsete. Não é que isto seja ruim, até gosto, mas cansa. Apesar disso a banda é boa e conseguiu ser apadrinhado por um cantor que sabe bem o que é conquistar o público. Sam Alves, vencedor da segunda edição brasileira do The Voice já prometeu que vai sair em turnê com a JamZ após o programa e, convenhamos, Sam e JamZ tem tudo a ver. Boa cartada!

Janaína e seu Bicho de Pé

      A última apresentação foi da banda Bicho de Pé. Eles já têm anos de estrada musical e estão indo bem nas apresentações do programa. Janaina, a vocalista da banda, é quase uma cover de Elba Ramalho. Não tem como ouvi-la e não lembrar Elba.     

      O programa está indo para o Top6. Restaram as melhores bandas, literalmente, do programa. E se vocês acompanham o programa desde a sua estreia ( o que não acontece comigo que comecei a assistir há pouco mais de um mês), a cúpula da Globo tem feito de tudo para levantar a audiência do reality musical. Há algum tempo a produção do programa tem convidado alguns famosos para participar das audições ao vivo, tudo para que o programa não venha cair no ostracismo. Certo ou não, parece que o “grito de socorro” do SuperStar tem sido ouvido e, no Top7, era perceptível a grande presença de famosos, desde o destaque assombroso a Bruna Marquezine (atriz que não se contenta em ser só atriz, mas que quer pegar mais mídia ainda por ser namorada do jogador Neymar Jr), alguns desconhecidos atores juvenis da novela Em Família, Daniele Suzuki e até do cantor Paulinho Moska.           

Atriz e namorada do jogador do Barcelona FC Neymar Jr, Bruna Marquezine chama atenção da plateia e das câmeras no Top7 do programa SuperStar

Obs.: Todas as fotos deste post são creditadas ao facebook SuperStar que é detentor das imagens. Elas são meramente ilustrativas para o conteúdo do post. Obrigado. 

0 comentários:

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.