A moda e a fé de Patrícia Motta

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , , , , , , , ,

*Fotos/desfile: Danilo Grimaldi/Marcelo Soubhia/Gustavo Scatena/Zé Takahashi/Agência Fotosite



Uma das maiores feiras de moda do país, o Minas Trend, aconteceu nos últimos dias, no Expominas, em Belo Horizonte (MG). Uma das grifes que mais chamou atenção em todo o evento foi a mineira Patricia Motta pela irreverência na passarela. Para a primavera/verão 2016, a estilista Patrícia Motta foi buscar nas mulheres do Oriente inspiração para produzir uma coleção primorosa, cheia de romantismo e muito leve.


No desfile, o que se pode perceber foi a alegria - que também puxa o nome da coleção - das modelos que perderam toda a sisudez e adentraram na passarela sorrindo, pulando e dançando. Um detalhe importante: todas estavam descalças e usando tiaras na cabeça, que eram assinadas pela designer Ana Alburquerque. A ideia era apresentar uma coleção que trouxesse a nobreza das princesas ao universo feminino, mas sem perder a simplicidade.


A grife apostou em vestidos drapeados, saias compridas, ponchos e kaftans em cores pasteis (rosa antigo, branco, azul bebê e bege) misturadas a tons preciosos como esmeralda, ametista e coral, além das muitas flores bordadas e estampas que são inspiradas nas fotografias de Rodrigo e nos desenhos de Rafael, esposo e filho de Patrícia Motta, respectivamente.


Há muitos anos no mercado, Patrícia Motta é um dos principais nomes da moda no país. Ela já desfilou duas vezes na São Paulo Fashion Week, maior semana de moda do país. Na última edição, sua coleção se chamava Verdade. Evangélica, ela gosta de trazer em seus desfiles mensagens bíblicas de amor, paz e esperança. Nesta coleção, o tema veio da passagem de Neemias 8:10, que afirma que "a alegria do Senhor é a nossa força”.
Antes de iniciar os desfiles, a cantora gospel Lu Alone interpretou a canção Aos Olhos do Pai, da pastora Ana Paula Valadão, que também é mineira, principal cliente da grife de Patricia Motta e estava no front row do desfile ao lado do marido, o pastor Gustavo Bessa, esbanjando simplicidade e alegria.


Durante o desfile, as modelos desfilaram ao som de uma música brejeira, interpretada por Lu Alone, que estava acompanhada por um violonista e o tocador de cajon. A letra da canção expressa a leveza das garotas que sonhavam em ser princesas. Em sua página no facebook, a cantora Lu Alone publicou um trecho da canção, que foi feita exclusivamente para o desfile, e que diz: “ô menina, olha pro céu e vê que tua força vem lá do Criador. Então erga a cabeça e força menina! Olha pro céu e não desanima. Menina... lembre das coisas da infância, o que te fazia feliz? Eram as coisas mais simples não eram menina? Então lembre das coisas da infância. O que te fazia sorrir menina?".


Após o desfile, em conversa ao blog, Ana Paula Valadão comentou sobre a ousadia da estilista em adentrar ao mundo da moda trazendo sempre uma mensagem de reflexão as pessoas que convivem neste ambiente repleto de poucas animosidades. “Eu fico maravilhada com a ousadia da Patrícia de mostrar não apenas a fé dela, mas aquilo que ela acredita e que todo ser humano deve experimentar, que é a alegria. As modelos sorrindo, dançando, livres e de pés descalços foi algo maravilhoso”, disse.

Ricardo e Patricia Motta ao lado de Ana Paula Valadão e Gustavo Bessa. (foto: reprodução/facebook: anapaulavaladãodtoficial)

No desfile, Ana Paula Valadão usava um longo de camurça azul com o mapa do Brasil bordado em ouro. Segundo ela, o mesmo vestido foi utilizado na gravação do DVD Tetelestai, 17ª do Ministério de Louvor Diante do Trono, do qual é líder e que foi gravado em Israel no ano passado e será lançado em agosto deste ano. “A Patrícia me veste há muitos anos para as minhas gravações. Ela sempre busca inspiração divina para confeccionar as suas roupas e no meu caso, ela fez um vestido com o mapa do Brasil”, destacou Valadão.
Em sua 16ª edição, o Minas Trend trouxe no line up oficial nove grifes mineiras (Vivaz, Faven, Madreperola, Patricia Motta, Fabiana Milazzo, Plural, Lucas Magalhães, Mabel Magalhães e Rogério Lima) e a paulista Herchcovitch; Alexandre apresentaram suas coleções primavera/verão 2016. Paralelo aos desfiles acontecia o Salão de Negócios, local em que eram realizadas vendas dos produtos de moda de várias empresas do país. Lá foram montados 256 estandes, sendo 123 para grifes de vestuário, 50 para bolsas e calçados e 83 para joias e bijuterias. O evento trouxe como tema Viva Ciclicamente, que pretendia refletir o clima de otimismo da indústria de moda em contraponto ao cenário econômico pelo qual o país atravessa, estimulando a criatividade e qualificação para superar as adversidades.

Veja a coleção - primavera/verão 2016 - Alegria, de Patricia Motta.






Italo Stauffenberg*
Jornalista convidado pelo evento.

1 comentários:

  1. Moysanielson Alves

    Mais uma vez o Manuscrito vem trazendo uma cobertura sensacional acerca da moda. Fico muito feliz por esse ser um espaço aberto aos leitores. Parabéns ao meu caro amigo e Jornalista Ítalo Stauff, você como sempre fazendo um excelente trabalho, representando a imprensa neste país.

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.