Terceiro dia de desfiles do 16º Minas Trend encerra com muito luxo e estampas coloridas

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , , , , , , , , , , , ,

Fotos: Danilo Grimaldi/Marcelo Soubhia/ Gustavo Scatena/Zé Takahashi/Agência Fotosite

Claudia Magalhães, Claudia Ohana, Luiza Brunet e Daniel Correa, no backstage da Mabel Magalhães.


Requinte, sofisticação e estampas bastante coloridas foram o ponto forte do último dia de desfiles da 16ª edição do Minas Trend, principal evento de moda mineiro e o segundo maior do país - perdendo apenas para o São Paulo Fashion Week -, que aconteceu ontem (8), no Expominas, em Belo Horizonte. O dia reservou as apresentações das coleções de primavera/verão 2016 das grifes mineiras Rogério Lima, Lucas Magalhães, Fabiana Milazzo, Plural e Mabel Magalhães.

Elke Maravilha é a estrela da coleção de inverno 2015 de Lucas Magalhães.

Entre as celebridades presentes, destaque para a eclética Elke Maravilha, que prestigiou na primeira fila o desfile do mineirinho cada vez mais badalado, Lucas Magalhães. Também compareceram ao evento Claudia Ohana e Luiza Brunet, que dividiram os holofotes no front row da Mabel Magalhães. Aliás, Brunet mostrou que, apesar do pouco de tempo de recuperação – ela descobriu um tumor no útero e teve que se submeter a uma histerectomia total, com a remoção dos ovários, útero e trompas de falópio – está sempre diva e com tudo em cima aos 52 anos de idade.

Rogério Lima – O designer de bolsas mineiro Rogério Lima trouxe para o verão uma coleção mais clean. Predomínio das cores branco, off-white, gelo, marrom e bege. As modelagens vierem bem estruturadas e com recortes em diferentes materiais. Pelo que foi apresentado, a coleção apostou no couro, plásticos e palha. As maxibolsas continuam com tudo e foram um dos pontos mais abordados pelo designer. Algumas delas tiveram um leve acréscimo de franjas, uma das tendências da estação. Para mulheres, handbags e bolsas carteira. Já os meninos foram agraciados com estilosas mochilas e pastas bem discretas.

 Linha de bolsas femininas destacou as maxibolsas em tons branco, bege e marrom.


A coleção masculina de Rogério Lima veio num mix de couro e palha.

Lucas Magalhães – Sem dúvidas, Lucas Magalhães é uma das principais promessas da moda mineira. Não é à toa que sua conterrânea, Patricia Bonaldi, comprou a marca para pertencer ao grupo Nohda. No desfile, Lucas apresentou uma coleção recheada de estamparias coloridas, principalmente em tons azuis, fazendo uma construção de texturas em malha prene, na pintura tie-dye de tecidos e franjas, e nos desenhos de tapeçaria. Para a estação, o estilista trouxe inspiração no movimento Beatnick, que surgiu no final da década de 1950 e adentrou os anos 60. A liberdade foi a palavra chave da linha que trouxe shapes bem soltos e menos colados ao corpo.

 Franjas continuam como forte tendência para o verão 2016.


Clash de estampas de Lucas Magalhães chamou a atenção pela exclusividade e bom gosto.

Fabiana Milazzo – Descoberta em uma das edições do Minas Trend, a uberlandense Fabiana Milazzo foi buscar na cultura tibetana todo o respaldo para produzir sua luxuosa coleção de verão. Quem apresentou com maestria os looks da estação da grife foi a top model Isabeli Fontana, que abriu e fechou o desfile em vestidos sensacionais. A coleção, intitulada Namastê, trouxe ao catwalk um mix de peças, como pantalonas, vestidos saias longas, geralmente, em tecidos leves e drapeados ricos em detalhes e muitas pedrarias. Mandalas, flores e composições em couro deram um toque de requinte a grife. Um primoroso trabalho de handmade. Para a estação, Fabiana Milazzo apostou em cores mais escuras, com predomínio do preto em contraste com o bege. Para dar leveza a coleção, a estilista trouxe como acessórios as bucket bags.

 Isabeli Fontana abriu e fechou o desfile em dois looks por Fabiana Milazzo.

 Coleção Namastê fez um passeio na cultura tibetana por meio dos tecidos leves e drapeados com inserções de mandalas, flores e pedrarias. 


As bucket bags (ou bolsas saco) também chamaram atenção na coleção pela luxuosidade.

Plural – O verão 2016 da Plural mostrou ser bem despojado, confortável e esportivo. A marca trouxe influência das fotografias industriais e geográficas, capturadas sob um ponto de vista aéreo do fotógrafo mineiro Marcilio Gazzinelli. Os shapes vieram com uma combinação de cores terrosas, como a areia, tijolo, mostarda e marsala. Denim, branco e off-white trouxeram versatilidade as peças que ganharam destaque na inserção dos metálicos prata e dourado. Chemises, pantacourts, jaquetas esportivas, saias em cortes assimétricos e sobreposições são os pontos fortes de toda a coleção.

 O verão da Plural veio leve e tonalidades terrosas, como a arreia, tijolo, mostarda e marsala.


Chemises, pantacourts, jaquetas esportivas em denim, branco e off-white trouxeram versatilidade as peças em contraste com o prata.

Mabel Magalhães – Se pudéssemos resumir em poucas palavras a coleção de verão 2016 dos estilistas Claudia Magalhães e Daniel Correa com certeza seria "puro luxo". A grife foi buscar inspiração nas divas do cinema das décadas de 1950 e 1960, como Sophie Lauren, Brigitte Bardot e Anita Ekberg (falecida recentemente), que lançaram moda e reacenderam a feminilidade das mulheres daquela época. Quem abriu o desfile foi a modelo Renata Kuerten, que trouxe um vestido midi com várias pedrarias na saia. A principal aposta da Mabel Magalhães é o verde neon e suas variáveis que fizerem um casamento perfeito com o amarelo pastel e o azul Klein. Todo o romantismo da coleção – nomeada Glam Appeal - foi acentuado pelas hot pants e tops, com recortes que destacam o busto e fazem referência aos corselets. Decotes ombro a ombro, estampa bicolor com silhueta de rosas contrapõem a modelagem que reinventa os clássicos. O cetim duchese é praticamente unânime em toda a linha de verão ao lado do tule com efeito escamado, padrões de linha em macramês e as rendas formam o mix de texturas da coleção.

 Coleção Glam Appeal trouxe inspiração das divas do cinema das décadas de 1950 e 1960.


 O tule trouxe ainda mais feminilidade e romantismo a coleção.


cetim duchese aliado ao verde neon e suas variáveis fizerem um casamento perfeito com o amarelo pastel e o azul Klein.

Italo Stauffenberg*
Jornalista convidado pelo evento.
Mais informações sobre a 16ª edição do Minas Trend você pode encontrar no jornal O Estado do Maranhão.

0 comentários:

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.