Taylor Swift leva oito prêmios e consagra-se maior vencedora do Billboard Music Awards 2015

Posted by Italo Stauffenberg Marcadores: , , , , , , , , , ,

Taylor Swift conquistou oito prêmios no Billboard Music Awards. (Foto/Divulgação)

Taylor Swift reinou absoluta na cerimônia da Billboard Music Awards que aconteceu no último domingo (17), no MGM Grand Garden Arena, em Los Angeles. Das 14 indicações que havia recebido, ela venceu oito e configura entre uma das maiores vencedoras de todos os BBMA’s. Ao todo, a loirinha já possui 24 estatuetas da Billboard. Sam Smith, Pharrell Williams, Iggy Azalea e John Legend levaram, cada um, três estatuetas para casa. A surpresa da noite foi o cantor irlandês Hozier, que faturou os prêmios de melhor artista e canção de rock. Ariana Grande foi o grande fiasco. A ex-garota da Nickelodeon não levou um prêmio sequer.
No Brasil, a transmissão da cerimônia foi realizada pelo canal TNT. Dos 40 prêmios e a votação popular, apenas alguns foram exibidos pelo canal. Pharrel Williams, simplesmente, levou todos os prêmios relacionados ao R&B por sua enfadada música "Happy" e álbum G I R L. A turma do gospel também não teve destaque. Contudo, o grupo australiano Hillsong United foi eleito melhor artista e Carrie Underwood levou a estatueta de melhor canção gospel por "Something in the Water". Ficaria improvável não conquistar o prêmio, já que a música venceu o Grammy Awards de Música Country deste ano.
Ao contrário do que aconteceu no Billboard Latin Music Awards, Enrique Iglesias ofuscou o brilho de Romeo Santos e levou duas estatuetas para casa. Justin Bieber levou um prêmio de consolação: melhor artista de redes sociais. 
A edição deste ano registrou shows bem simples. Até Mariah Carey, grande promessa da noite, decepcionou. Estava programado para a musa interpretar duas canções: “Infinty” e “Emotions”. Pela transmissão só se viu a primeira, que também não foi nada espetacular. Taylor Swift também lançou o videoclipe de "Bad Blood", que está recheado de lindas mulheres. É puro GIRL POWER!
Britney Spears e Iggy Azalea fizeram o “mega show” da cerimônia na área externa do MGM Grand Garden Arena. O único momento interessante foi a apresentação de Wiz Khalifa e Charlie Puth, que também sofreu queda no rendimento pelo violino desafinado de Lindsey Stirling. O rapper Kanye West finalizou o evento em um show extremamente de mal gosto. Como sua música de trabalho ("All Day")é repleta de palavrões, a organização do BBMA censurou vários trechos e quase nada se ouviu. O cenário do show também foi de lascar! Se a ideia era fazer o palco pegar fogo, deveriam ter carbonizado o cantor que nele estava.

Shows -

Mariah Carey, em seu retorno ao palco do Billboard Music Awards (Foto/Divulgação)


A intérprete de "Let it Go", Idina Menzel, que vai sair em turnê mundial, apresentou a história da icônica Mariah Carey, uma das mais vitoriosas cantoras que o mundo já conheceu. Apesar de estar um pouco acima do peso (essa ditadura da magra é tensa), Carey não deixou a peteca cair e veio a cerimônia em um vestido cheio de pedrarias e que deu destaque aos seios. A primeira música que a diva interpretou foi "Visions of Love" (no lugar de "Emotions") para depois performatizar “Infinity”. Apesar de não estar com a voz tão boa (ela está se recuperando de uma bronquite), Mariah arrasou nos melismas com direito a mãozinha no ouvido para checar se tudo estava saindo certinho.
Nick Jonas, ex-Jonas Brothers, também apareceu na cerimônia. O cantor interpretou “Jealous”, atual música de trabalho, que é cheia de falsetes. Nick está namorando a ex-Miss Universo, Olivia Culpo. Esperto, hein? Meghan Trainor dividiu as atenções com John Legend em “Like I’m Gonna Lose you”, uma baladinha meio romântica.

Show do Wiz Khalifa e Charlie Puth foi um dos melhores da noite. (Foto/Divulgação)


Uma das melhores apresentações da noite, se não fosse por um violino desafinado de Lindsey Stirling, ficou a cargo de Wiz Khalifa e Charlie Puth, que interpretaram “See You Again”, música que está em primeiro lugar há cinco semanas nas paradas da Billboard. A música faz parte da trilha sonora do filme Velozes e Furiosos 7. O momento serviu como tributo a Paul Walker, ator morto em um acidente automobilístico no ano passado.

Britney Bitch e Iggy Azalea em divulgação de "Pretty Girl". (foto/Divulgação)

Direto do Teatro The Axis, no Planet Hollywood Resort, área externa do MGM Grand Garden Arena, Britney Spears e Iggy Azalea fizeram o lançamento oficial de “Pretty Girls”, em um show cheio de pirotecnia, bailarinos e dublagem. A música vazou na internet tempos atrás e teve o videoclipe divulgado na internet na semana passada.  

 Homenagem aos fãs do filme Clube dos Cinco. (Foto/Divulgação)

Outra homenagem desta edição do Billboard Music Awards foi destinada aos fãs de Clube dos Cinco (The Breakfast Club), lançado em 1985. O filme foi sucesso absoluto entre a geração de jovens da época e projetou a carreira de Molly Ringwald, que subiu ao palco da cerimônia e, emocionada, chamou a banda Simple Minds para cantar “Don’t you (Forget About Me)”, trilha sonora do filme. A turma mais velhinha e a galera que assistiu ao filme que estava na cerimônia ovacionou o grupo (Ed Sheeran ficou inerte). Inicialmente, o Simple Minds não queria gravar a canção. Já pensou o que seria dos nerds, revoltados, atletas, patricinhas e drogados (o tal clube dos cinco) se “Don’t you (Forget About Me)” não tivesse sido gravada?


Imagine Dragons interpretando "Stand by Me". (Foto/Divulgação)

Outro tributo da cerimônia foi prestado a Ben E. King, que faleceu em 30 de abril deste ano em virtude de uma aterosclerose coronariana. Quem fez as honras ao cantor foi o Imagine Dragons. De forma bem intimista, os meninos, que no ano passado conquistaram quatro prêmios no BBMA e neste não foram indicados em nenhum, interpretaram “Stand by Me”, música regravada por John Lennon em 1975.

Taylor Swift -


Não é todo dia que se leva oito troféus do BBMA para casa. (Foto/Divulgação)

O primeiro prêmio de Taylor Swift foi de Melhor Álbum. 1989 tem elementos de hip hop, R&B, rock, música eletrônica e country. Ou seja, a loirinha quer mesmo versar em vários estilos musicais e conquistar o mundo. Aliás, na cerimônia, ela estava com um look bem descolado. Um macacãozinho super brilhoso que ressaltava sua magreza e dava um tapa na cara de gente que prefere “corpo violão”, tipo Meghan Trainor.
Provando que Katy Perry só sabe levar indicação, mas prêmio nenhum para casa, Taylor Swift passou a rasteira na eterna ex de Russell Brand e John Meyer e faturou a estatueta de Melhor Artista Feminina. No páreo estavam as revelações Iggy Azalea, Ariana Grande e Meghan Trainor. Ao pôr a mão na estatueta, Swift agradeceu pelo segundo prêmio conquistado na edição, o 18ª até então, e disse: “Me cercar de mulheres incríveis foi uma das melhores coisas que aconteceram para mim nos últimos anos, então, ganhar este prêmio é muito importante”. 


Na cerimônia, Taylor Swift sentou ao lado de Calvin Harris, com quem assumiu um relacionamento recentemente. (Foto/Divulgação)

No quesito votação popular, Swift disputava com Iggy Azalea e Meghan Trainor e foi vitoriosa. Quem é do Brasil pode até estranhar o fato de Taylor ter tanto destaque, mas é que na terra do Tio Sam o country é muito forte. A coroação dela veio com o prêmio de Artista do Ano. No discurso de recebimento, Swift falou que tinha acabado de chegar de Paris, onde seu irmão tinha se formado na Nôtre-Dame e afirmou que ainda há muito o que aprender. “Esse prêmio nos mostra que temos muito mais que aprender”, disse.

 Iggy Azalea –



Iggy Azalea ao lado de Charli XCX, vencedora de Melhor Música de Rap, por "Fancy". (Foto/Divulgação)

O primeiro troféu de Iggy Azalea foi de Melhor Canção de Rap. O blog já havia alertado em outro post que era possível a loirinha sensação da América levar a estatueta. A única ameaça seria Nicki Minaj e sua “Anaconda”, música que, para mim, é uma porcaria. "Fancy", em parceria com Charli XCX, é minimalista, utiliza um contrabaixo, três ou quatro sintetizadores e estalar de dedos para dar a sonoridade perfeita. Lembrando que, para quem gosta do mundo teen da década de 1990, o videoclipe é um remake do filme As Patricinhas de Beverly Hills.

Sam Smith –


Sam Smith não pode ir a cerimônia, mas mostrou o quanto é divertido. (Foto/Divulgação)

Artista revelação do BBMA, o talentosíssimo Sam Smith não pode comparecer à cerimônia, mas nem por isso deixou de dar o ar da graça. Durante a entrega do troféu de Melhor Cantor, ele, que está se recuperando de uma cirurgia nas cordas vocais em Nova York, não deixou de agradecer a Billboard, aos fãs e a sorte. Brincou com Taylor Swift, Nicki Minaj e seu avantajado bumbum e com Ed Sheeran, afirmando que tinha feito uma dança especial (chippendales) para o ruivo.

John Legend –


John Legend conquistou três prêmios neste edição do BMMA. (Foto/Divulgação)

O vencedor do Oscar de Melhor Canção Original deste ano, John Legend, faturou o prêmio de Melhor Canção de Rádio. Com “All of Me”, Legend mostrou que é possível uma balada bem construída ser a principal música das rádios. A música também venceu por Melhor Música de Streaming (áudio) e Legend conquistou a estatueta de melhor artista de rádio.

One Direction –


Liam Payne relembra a importância de Zalyn Malik no BBMA 2015. (Foto/Divulgação)

One Direction levou o primeiro prêmio entregue da noite: grupo do ano. Desde os Beatles, o 1D é a maior boy band da Inglaterra. Só que ao contrário do quinteto liderado por John Lennon e Paul McCartney, o One Direction é pop e está com um integrante a menos, Zalyn Malik, que abandonou o grupo em março deste ano alegando estresse. Fofo, como todo menino de boy band deve ser, Liam Paine disse ao pegar no troféu que o dividiria com alguém. “Billboard, vocês mais uma vez foram maravilhosos e temos que compartilhar esse prêmio com alguém”, destacou. Malik agradece a generosidade onde quer que esteja.
Destruindo as possibilidades de Lady Gaga, que só concorreu em uma categoria, o One Direction conquistou o troféu de Melhor Turnê. O quarteto inglês também deixou comendo poeira os quinquagenários do Rolling Stones, Katy Perry e Justin Timberlake.

Meghan Trainor –


Meghan Trainor levou dois troféus em sua estreia no Billboard Music Awards. (Foto/Divulgação)

O blog acertou mais uma vez quando apostou em Meghan Trainor para o Hot 100 Billboard. A gordinha estourou nas paradas com “All About a Bass”, música que rebaixa essa ditadura da magreza imposta pelo próprio mundo da moda e indústria da música que só projetam cantoras magras ao sucesso. Ao conquistar o troféu, Trainor disse que estava surpresa e que nunca imaginava que isso um dia poderia acontecer. “Que bom que essa canção deu certo”, comentou.


VENCEDORES DO BILLBOARD MUSIC AWARDS 2015
ARTISTA DO ANO – Taylor Swift
MELHOR ARTISTA MASCULINO - Sam Smith
MELHOR ARTISTA FEMININA - Taylor Swift
ARTISTA REVELAÇÃO – Sam Smith
MELHOR GRUPO - One Direction
MELHOR ÁLBUM - 1989, de Taylor Swift
VOTAÇÃO POPULAR – Taylor Swift
MELHOR TURNÊ -  One Direction
MELHOR TOP 200 BILLBOARD – Taylor Swift
MELHOR ARTISTA HOT 100 BILLBOARD – Taylor Swift
MELHOR MÚSICA HOT 100 BILLBOARD – “All About a Bass”, de Meghan Trainor
MELHOR ARTISTA DE MÍDIAS SOCIAIS – Justin Bieber
MELHOR TRILHA SONORA – Frozen

- RÁDIO/DIGITAL
MERLHOR ARTISTA DE RÁDIO – John Legend
MELHOR MÚSICA DE RÁDIO – “All of Me”, John Legend
MELHOR ARTISTA DE MÚSICA DIGITAL – Taylor Swift
MELHOR MÚSICA DIGITAL – “All About a Bass”, de Meghan Trainor

- COUNTRY
MELHOR CANTOR COUNTRY – Florida Georgia Line
MELHOR ÁLBUM COUNTRYOld Boots, New Dirt, de Jason Aldean
MELHOR MÚSICA DE COUNTRY – Burnin’ it Down, de Jason Aldean

- R&B
MELHOR ARTISTA DE R&B – Pharrell Williams
MELHOR ÁBUM DE R&BG I R L, de Pharrell Williams
MELHOR MÚSICA DE R&B – “Happy”, de Pharrell Williams

- RAP
MELHOR ARTISTA DE RAP – Iggy Azalea
MELHOR ÁLBUM DE RAP2014 Forest Hills Drive, de J. Cole
MELHOR CANÇÃO DE RAP – “Fancy”, de Iggy Azalea feat. Charli XCX

- ROCK
MELHOR ARTISTA DE ROCK – Hozier
MELHOR ÁLBUM DE ROCKGhost Stories, do Coldplay
MELHOR MÚSICA DE ROCK – “Take me to Church”, de Hozier

- MÚSICA LATINA
MELHOR ARTISTA LATINO – Romeo Santos
MELHOR ÁLBUM LATINOSexy and Love, de Enrique Iglesias
MELHOR MÚSICA LATINA – “Bailando”, de Enrique Iglesias feat. Descemer Bueno & Gente de Zona

- MÚSICA ELETRÔNICA
MELHOR ARTISTA DE MÚSICA ELETRÔNICA – Calvin Harris
MELHOR ÁLBUM DE MÚSICA ELETRÔNICAShatter Me, de Lindsey Stirling
MELHOR MÚSICA ELETRÔNICA – “Turn Down for What”, de DJ Snake & Lil John

- GOSPEL
MELHOR ARTISTA GOSPEL – Hillsong United
MELHOR ÁLBUM GOSPELAnomaly, de Lecrae
MELHOR MÚSICA GOSPEL – “Something in the Water”, de Carrie Underwood

- STREAMING
MELHOR ARTISTA DE STREAMING – Iggy Azalea
MELHOR MÚSICA DE STREAMING (ÁUDIO) – “All of Me”, de John Legend
MELHOR MÚSICA DE STREAMING (VÍDEO) – “Shake it Off”, de Taylor Swift

0 comentários:

 

2011 por Natalia Araújo 2013 por Allan Penteado. Exclusivamente para o blog Manuscrito. Cópia parcial ou integral é totalmente proibida.